Primeiro aeroporto federal é concedido à iniciativa privada

O consórcio Inframérica é o vencedor do leilão de concessão para construção parcial, manutenção e exploração do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, localizado em São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte (RN). O leilão realizado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), concedeu o primeiro aeroporto federal à iniciativa privada pelo lance de R$ 170 milhões.

Quatro consórcios participaram do leilão, ATP-Contratec, Inframérica, Aeroportos Brasil e a Aeroleste Potiguar, que durou aproximadamente 50 minutos (de 10h02 as 10h51) e começou com o lance mínimo de R$ 51,7 milhões fechando em R$ 170 milhões pelo consórcio Inframérica. Ao total, 88 lances foram dados no viva voz e o ágio fechou à 228,82%.

O consórcio Inframérica é constituído pela empresa Argentina Corporación América e pelo Grupo Engevix, no qual é controlado pela Jackson Empreendimentos e composto por mais quatro empresas. O grupo vencedor terá até três anos para construir os terminais e um prazo de mais 25 anos para exploração. O contrato de concessão poderá ser renovado por, no máximo, mais cinco anos, quando o aeroporto retornará ao poder público.

A estimativa da ANAC é de que o consórcio vencedor invista R$ 650 milhões na construção dos terminais e na operação do aeroporto. O Aeroporto de São Gonçalo do Amarante substituirá o atual Aeroporto Internacional Augusto Severo de Natal (RN) e poderá ficar pronto para a Copa de 2014. A previsão de movimento no terminal é de que alcance 3 milhões de passageiros, em 2014; 4,7 milhões, em 2020; e 7,9 milhões, em 2030

ANAC – press release

Anúncios

Boeing recebe certificação para o 747-8F

No último dia 19/08, a Boeing anunciou que recebeu a certificação do órgão americano FAA e da européia EASA para o 747-8, versão cargueira.

Após mais de um ano e seis meses desde o primeiro voo em 8 de fevereiro de 2010 e mais de 3,400 horas de testes, a Boeing certifica mais uma aeronave cargueira desde o 777-200F em 2009.

Este não é o fim da campanha de certificação do 747-8, a aeronave foi certificada usando um software antigo, usado no 747-400. Uma certificação completa do software atrasaria a entrada em serviço do jato.

A fabricante foca agora no software atualizado, junto com os testes do 747-8 Intercontinental, versão de passageiros do gigante, que espera receber a certificação até o final do ano.

O primeiro 747-8F será entregue para a Cargolux na primeira semana de Setembro.

Delta Airlines anuncia compra de 100 aeronaves da Boeing

A Delta Airlines confirmou a compra de 100 aeronaves 737-900ER, da Boeing, para substituir sua frota de 757-200, da mesma fabricante, mas que possui idade avançada.

Atualmente a Delta possui uma frota mista de curto alcance, variando desde modelos 737-700 e 737-800 até A320 e A319 da Airbus, esses últimos recebidos após a fusão da companhia com a Northwest Airlines, primeira operadora de aeronaves da Airbus na América do Norte.

A companhia possui cerca de 175 modelos do 757-200 em sua frota atualmente, alem de 16 aeronaves do modelo -300.

A Delta espera decidir até o final desse ano a compra de novas aeronaves com menor capacidade, que será decidida entre a família C-Series, da canadense Bombardier e os E-Jets, da Embraer.

De acordo com o pedido, a Delta receberá todas as aeronaves da Boeing até o final de 2018.

American Airlines anuncia compra de 460 aeronaves

A American Airlines anunciou uma mega compra junto à Boeing e Airbus para a aquisição de 460 aeronaves de corredor único.

A AMR (empresa controladora da American Airlines) confirmou a aquisição de 260 aeronaves da Airbus, sendo 130 da atual família A320, sendo a primeira entrega a partir de 2013, os pedidos terão flexibilidade para mudança entre as versões A319 e A321. A companhia também confirmou interesse em adquirir 130 aeronaves da futura família A320Neo, com a primeira aeronave chegando a partir de 2017.

Já com a Boeing, longa parceira da American Airlines, foi confirmada a compra de 200 aeronaves da família 737NG. Esse pedido será dividido entre a atual geração e caso a Boeing opte por introduzir um modelo redesenhado e com novos motores. A American Airlines aposta que a Boeing irá “re-motorizar” sua atual geração de narrowbodies ao invés de partir para um design novo.

A American, que possui atualmente uma frota de 156 aeronaves 737-800 em operação, espera receber as novas aeronaves deste pedido a partir do começo de 2013.

“A American pretende adquirir 460 aeronaves de corredor único da família 737 da Boeing e A320 da Airbus, com as primeira entregas começando em 2013 e se estendendo até 2022. Essa é a maior encomenda de aeronaves na história da aviação”, disse um porta voz da companhia.

Estima-se que o valor do pedido seja em torno de US$13 bilhões.

Gol confirma a compra da Webjet

A Gol Linhas Aéreas confirmou a compra da Webjet por R$ 96 milhões nesta sexta-feira. Embora a companhia tenha sido avaliada em R$ 310,7 milhões durante as negociações, o valor final do negócio foi reduzido em razão das dívidas da empresa, estimadas em cerca de R$ 215 milhões.

A intenção de compra da Gol reforça um interesse de diversas companhias pela Webjet, entre elas a irlandesa Ryanair, que desde 2010 prestava consultoria para a empresa e aguardava uma modificação na legislação brasileira, que aumentaria a participação de empresas estrangeiras de 20% para 49%.

A decisão também busca o fortalecimento da marca Gol no mercado brasileiro, com o objetivo de fazer frente ao crescimento da TAM, que comprou a Pantanal, anunciou fusão com a chilena LAN e adquiriu 31% da Trip.

Esta não é a primeira vez que a Gol adquire uma rival no mercado doméstico. Em 2007 a companhia da família Constantino adquiriu o controle total da Varig, assim como em 2010 conquistou participação majoritária na Global Táxi Aéreo, empresa especializada no fretamento de jatos executivos.

Caso seja confirmada a intenção de compra, a Gol aguardaria decisão do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Gol recebe primeiro 737 com novo Sky Interior


A Gol Linhas Aéreas recebeu no último dia 28/05 o primeiro 737-800 equipado com o novo Sky Interior.

A companhia é a primeira na América do Sul a receber a aeronave com o novo interior, mais espaçoso, confortável e melhor iluminado. A aeronave, prefixo PR-GUG, decolou da fábrica da Boeing em Seattle, fez escala em Punta Cana e pousou em Confins.

Confira abaixo, imagens do Sky Interior e um vídeo feito pela Gol para comemorar a chegada da nova aeronave.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Caso fusão falhe, LAN pode optar pela Gol

O gerente-geral da LAN Airlines, Ignacio Cueto, revelou que, caso o Tribunal de Livre Concorrência do Chile (TDLC) continue a criar obstáculos para a fusão com a TAM, a companhia poderia cancelar o acordo e tentar fusão com a Gol.

Especialistas afirmam que a declaração de Cueto não passa de presão no TDLC, para que a fusão com a TAM seja aprovada.

A Gol se diz surpresa com a declaração da LAN, mas prefere não especular no momento.